E0470F4B-214F-4291-BE86-3813C52149F6
DestaqueNotícias

Rui Palmeira só não desistiu da candidatura ao Governo para não dar impressão de que se vendeu

Ex-prefeito pode ser candidato a deputado federal ou suplente de Renan Filho

Em quarto lugar nas pesquisas de opinião pública e sem perspectiva de melhora, Rui Palmeira (PSD) continua sendo pressionado para desistir da candidatura ao Governo. Segundo aliados próximos ao ex-prefeito de Maceió, isso só não aconteceu ainda para ele não dar a impressão de que se vendeu a algum grupo político.

Propostas não faltaram por parte dos grupos de Renan Calheiros e Marcelo Victor, Fernando Collor e, pasmem, até Arthur Lira quer abocanhar o PSD para sua base. No entanto, já ficou mais do que claro que a candidatura de Rui Palmeira é uma estratégia para ganhar visibilidade e tentar retornar à Prefeitura da Capital em 2024.

Nos bastidores, a informação é de que Rui irá seguir o script já planejado por sua equipe de confiança: registra candidatura, faz alguns dias de campanha, e depois informa sua desistência e anuncia apoio ao grupo que ofereceu a melhor proposta.

O óbice desse cenário para o grupo “comprador” é que o tempo na propaganda eleitoral gratuita do PSD ficaria perdido. Mas a compensação seria o uso da imagem do Rui para pedir votos para seu novo aliado e candidato ao Governo.

Portanto, a pressão maior é para que o ex-prefeito desista antes de registrar candidatura para que o tempo no Rádio e TV do partido seja inserido no novo grupo político que o ex-prefeito irá integrar.

Por sua vez, Rui jura – de pés juntos – que vai seguir até o segundo turno. Agora, só resta o eleitor aguardar para saber qual o tamanho da sua fé.

Berg Morais

Berg Morais - Jornalista, MTE - 1769/AL

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar