E0470F4B-214F-4291-BE86-3813C52149F6
DestaqueNotícias

Collor quer tirar comando do PL de Sérgio Toledo

Desde que o advogado Adeilson Bezerra assumiu o comando do PROS em Alagoas, o senador Fernando Collor já começou a procurar um partido para chamar de seu. Ele aguardava a decisão do presidente Jair Bolsonaro sobre em qual partido o chefe do Executivo federal iria se filiar.

Com a efetivação de Bolsonaro no Partido Liberal (PL) de Valdemar da Costa Neto, a possibilidade de Collor se filiar na legenda é cada vez mais real. No entanto, o ex-presidente da República não se contentaria em ser apenas um filiado qualquer.

Nos bastidores da política já não há mais dúvida de que o senador irá jogar duro para ter o comando do PL em Alagoas. Para isso, ele terá de tirar do “trono liberal” o deputado federal Sérgio Toledo, que assumiu recentemente a sigla com a saída do secretário estadual de Infraestrutura, Maurício Quintela.

Ainda não se sabe se Sérgio Toledo irá brigar para permanecer como comandante do PL estadual ou se irá entregar a legenda a Collor sem nenhum embate interno.

Fato é que Collor não ficará no PROS com o presidente do partido sendo um fiel escudeiro da família Calheiros – principal adversário político do ex-presidente. Inclusive, existe a possibilidade de Collor e Renan Filho se enfrentarem nas urnas em 2022 em busca da única vaga disponível no Senado Federal.

Berg Morais

Berg Morais - Jornalista, MTE - 1769/AL

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar