Slider
DestaqueNotícias

Provedor do Hospital Santa Rita fala sobre as ações da Unidade COVID-19

Dr. Pedro Gaia ressalta os avanços com os projetos implantados e os treinamentos realizados; Além da inovação do atendimento aos pacientes Covid-19 por meio da telemedicina

Por Roberta Sampaio, Assessoria

O Provedor do Hospital Regional Santa Rita e Maternidade Santa Olímpia– Dr. Pedro Gaia comemora, junto com todos os colaboradores que fazem parte da Instituição Hospitalar, os resultados positivos alcançados pela Unidade COVID-19 desde a sua inauguração, ocorrida no dia 01 de junho de 2020. De acordo com o Provedor, a busca para prestar o melhor atendimento é constante e graças aos esforços de muitos, vidas têm sido salvas.

Pedro Gaia disse que uma das primeiras preocupações foi fazer com que o Hospital pudesse entrar nessa luta contra o coronavírus dando sua contribuição por meio de seus serviços e estrutura física, que foi adaptada para este fim com uma área totalmente isolada e montada com equipamentos e profissionais qualificados para cuidar dos pacientes positivos para o vírus.

Com relação a essas capacitações, o Provedor destaca que vários treinamentos foram realizados antes mesmo da inauguração da Unidade COVID-19, e que os mesmos continuam acontecendo constantemente, com a interação e engajamento da equipe do próprio hospital como também de outras unidades do estado de Alagoas e de todo o mundo, já que graças internet, as informações chegam de forma rápida e sem fronteiras.

Falando sobre essa questão tecnológica Pedro Gaia ressalta o importante projeto implantado pelo HRSR que foi a “UTI Virtual” – onde a telemedicina possibilita que uma equipe multiprofissional do HRSR consiga debater o caso do paciente junto aos profissionais do Hospital do Coração em Maceió. Isso tudo em um ambiente virtual onde se consegue anexar todos os dados do paciente como, por exemplo, os exames realizados, a evolução, a prescrição, entre outras informações, sendo ainda possível fazer vídeo conferência com os profissionais na central do HCOR, onde eles centralizam os avanços das instituições.

Ainda falando sobre projetos inovadores o Provedor cita o “Visita pelo Vidro”, que visa amenizar a ansiedade, sentimentos de solidão e abandono enfrentados pelos pacientes COVID-19 que podem olhar seus familiares e amigos através de um vidro.

“Os pacientes não ficam com acompanhantes, seguindo orientações da segurança do paciente e família mantendo o distanciamento, inclusive sem visitas, o que causa fragilização ao paciente. A ideia do projeto é amenizar a ansiedade, sentimentos de solidão e abandono enfrentados por eles. Entendemos que este momento reforça e apoia o estado emocional do paciente, ajudando ao tratamento. Ideia que foi implantada inicialmente pelo Hospital de Campanha Dr. Celso Tavares em Maceió/AL com o nome “UM OLHAR QUE SALVA” e nós conseguimos trazer esse projeto para o Hospital Santa Rita”, explica o Provedor.

E Pedro Gaia continua, agora falando sobre os números de pacientes recuperados na Unidade COVID-19 do HRSR. “Em pouco mais de um mês tivemos um total de mais ou menos 83 Admissões, 38 Altas Hospitalares, 10 transferências e 21 óbitos. Então, se analisarmos esses números, vemos que os nossos profissionais estão dando o seu melhor para que os pacientes se recuperem e voltem aos seus lares. Contudo, sabemos que a medicina, a ciência, enfim, o ser humano é limitado e têm coisas que só Deus sabe e decide. Lembrando que, não podemos ser exatos nos números porque a cada dia ou hora ele pode mudar, mas na nossa última atualização para esta matéria, tinham sido esses”, enfatiza o Provedor.

Recursos

Dr. Pedro informou sobre a Portaria 1448/2020 onde o Hospital irá receber o valor de R$ 4.535,747,03. Explicando que esse valor foi dividido em duas parcelas. “Foi feito um Plano Operativo para a aplicação desse recurso, que inclusive já foi aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde e o município repassou uma parcela no valor de R$ 2,5 milhões e iremos receber em seguida o restante. Esse recurso servirá para que o hospital execute as ações de acordo com o plano operativo. Faremos ainda a contratação de empresa para finalizar a obra da nova UTI do HRSR, compras de EPIs, medicamentos, oxigênio e insumos de modo geral e também os pagamentos dos profissionais da área COVID-19 do hospital”, esclarece.

Ao final, o Provedor agradece as parcerias do Governador de Alagoas – Renan Filho, prefeito de Palmeira dos Índios – Júlio Cezar, Secretário de saúde municipal – Diórgenes Costa, Secretário de saúde de AL- Alexandre Ayres. Além dos Deputados Arthur Lira, Paulão, Marx Beltrão, Ângela Garrote e também o vereador por Palmeira dos Índios – Pedrinho Gaia. Sem deixar de citar todos os colaboradores que fazem o Santa Rita.

“Não posso deixar de enaltecer o trabalho que vem sendo feito pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) atuante, contamos com uma eficiente Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), e o Núcleo de Educação Permanente (NEP), que vem trazendo ótimos resultados, e também o nosso Núcleo de Segurança do Paciente (NSP). Além dos médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, ao pessoal da UTI, Maternidade, enfim, todos que estão nos ajudando no enfrentamento do COVID-19”, agradece Pedro Gaia.

E continua: “Sem esses apoios políticos e principalmente, sem o engajamento e dedicação da nossa equipe, nada disso seria possível. Obrigada a todos que contribuem para a manutenção e crescimento do Hospital Santa Rita. Lembrando também das empresas e instituições públicas e privadas que ajudaram com doações de álcool em gel 70%, e alguns Equipamentos de Proteção Individual (EPI), que são imprescindíveis na prevenção dos riscos contra o COVID-19. E ainda aos representantes do Ministério Público do Trabalho de Alagoas (MPT/AL) pelas fiscalizações realizadas durante suas visitas ao Santa Rita. Podem ter certeza que estaremos sempre informando a imprensa e aos órgãos fiscalizadores onde e como os recursos estão sendo utilizados, pois sempre trabalhamos com transparência e honestidade”, garante Pedro Gaia.

O Hospital

“O Hospital é uma Instituição Privada e Filantrópica comandada por uma Associação Beneficente composta por 14 mordomos, mas seu atendimento pelo Sistema Único de Saúde é cerca de 70% e se dá através de convênios firmados com a Prefeitura, com o Estado de Alagoas e Governo Federal por meio de contratualizações, onde os serviços são oferecidos através de programas e projetos. Então, isso significa que precisamos que as pessoas, empresas e políticos tenham um olhar mais atento e nos ajudem a cuidar dos nossos pacientes, pois o equilíbrio financeiro é muito importante para que possamos oferecer profissionais e estrutura dignos aos que nos procuram. Tenho certeza que juntos vamos vencer essa batalha, porque o nosso objetivo maior é salvar vidas. Que Deus nos proteja sempre. Obrigado a todos, especialmente a família Santa Rita. Contem comigo em toda e qualquer circunstância”, finaliza veementemente o Dr. Pedro Gaia – Provedor do Hospital Regional Santa Rita.

Berg Morais

Berg Morais - Jornalista, MTE - 1769/AL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar