UNINDO FORÇAS – TC/AL e AMA debatem sobre governança nos municípios

UNINDO FORÇAS – TC/AL e AMA debatem sobre  governança nos municípios
Encontro da AMA com o TC

Na última segunda-feira (9) um encontro entre o Tribunal de Contas de Alagoas (TCAL) e a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) foi discutida a implantação do sistema de governança nas cidades do estado. Na ocasião, o secretário de Planejamento de Maragogi, onde o modelo de gestão já foi implantado, falou sobre a experiência do município.

O presidente do TCAL, Otávio Lessa, afirmou que a governança já está sendo implantada no tribunal e que, agora, o objetivo é estender para as cidades alagoanas, em parceria com a AMA.

“Dentro do próprio Tribunal de Contas, nós estamos implantando a governança, que é uma forma de você organizar os trabalhos e cobrar eficiência das diretorias. Mas nós queremos ir além disso. Junto com a AMA, queremos que os municípios também entendam dessa forma e venham trazer, cada um, a sua legislação. Queremos difundir e mostrar a todos os gestores a parceria do tribunal, para que os municípios tenham eficiência e determinação para cuidar do seu povo com organização, metodologia e com tecnologia”, afirmou Otávio Lessa.

A presidente da AMA, Pauline Pereira, falou que o sistema de governança pode ajudar muito os municípios do estado. “O sistema de governança vai ajudar diretamente, como a proposta do novo Fundeb, que tem um percentual para aqueles municípios que atingirem metas e resultados. Aqui, me coloco à disposição como representante dos prefeitos, a incorporar esse projeto. Quem ai ganhar são os municípios de Alagoas”, pontuou.

O secretário de Planejamento de Maragogi, Thomaz Lira, afirmou que o município pretende se integrar ás demais cidades.

“A gente quer se integrar, justamente para levar os resultados e tudo o que a gente vem fazendo em relação à governança, para espalhar e atingir outros municípios, para que as pessoas entendam a relevância e a importância disso”, pontuou.

ANA

ANA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *