Slider
DestaqueNotícias

Racha na Câmara de Vereadores compromete negociação do presidente da Casa com o prefeito


Por Berg Morais

A matéria veiculava neste blog, que denunciava a manobra do presidente da Câmara Municipal de Palmeira dos Índios em dar um “cheque em branco” para o Prefeito Júlio César tratar os recursos públicos, fez com que a maioria dos parlamentares não comparecesse para a sessão extraordinária convocada para a manhã desta segunda-feira (20).

Apenas o presidente da Casa, Agenor Leôncio, e os vereadores Dindor e Adelaide França estiveram presentes no Plenário do Legislativo palmeirindiense. Por falta de quórum, a sessão não foi realizada.

A ausência dos demais parlamentares – inclusive membros da Mesa Diretora – mostra que alguns vereadores não estão interessados em dar um “cheque em branco” para o prefeito. Isso seria, de fato, brincar com o erário público.

Fim do G-9 ?

Como o presidente Agenor Leôncio não conseguiu quórum para aprovar matéria de interesse do Poder Executivo, o fato pode ser um indicativo de rompimento do seu grupo político dentro da Casa. Seria necessário a presença de dez parlamentares em Plenário para apreciação e votação do Projeto de Lei PM 003/2020.

Uma nova sessão extraordinária foi convocada para a próxima quarta-feira (22). Mas a expectativa de aprovação da “Lei do Cheque em Branco” – como está sendo chamado na Casa o PL 003 – é mínima, pois o prefeito está fora do país em férias com a namorada, impossibilitando uma nova negociação com o presidente da Câmara de Vereadores.

 

Berg Morais

Berg Morais - Jornalista, MTE - 1769/AL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar